Como montar o roteiro do seu vídeo?


Depois de decidido que o vídeo é a melhor estratégia, é hora de começar. Mas todo começo precisa de um roteiro certo?


Antes do roteiro, é necessário definir se o vídeo será corporativo ou promocional. Na sequência, é importante saber para qual público a informação será direcionada, faixa etária, gostos e costumes.


Indicamos sempre montar uma persona (uma pessoa fictícia que tem o perfil do seu cliente) para falar diretamente com ela. O tema depende disso para que a comunicação seja direta e assertiva! O próximo ponto: quais veículos de comunicação serão utilizados (TV, redes sociais, Youtube...). Cada canal tem sua linguagem e abordagem. Por último, pense quanto tempo terá para passar sua mensagem e então comece a escrever o roteiro. Se você tem dúvidas de como escolher o tema, acesse esse post aqui: Como escolher o tema para meu vídeo?


O roteiro é um script com descrição de tudo que deverá conter e compor seu vídeo, em detalhes minuciosos para que a edição seja da maneira que o vídeo foi planejado. O material vai utilizar todas as informações que você reuniu sobre sua audiência para transmitir a melhor mensagem. Geralmente a mensagem com mais emoção é a que oferece elementos racionais e emocionais então isso deve ser considerado para convencer seu público.


Para videoaulas, o processo e o mesmo, mas com um conteúdo diferente, afinal o material é para educar, ensinar ou instruir determinado assunto, então o roteiro precisa ser pensado de forma que não seja cansativo e a informação seja compreendida, principalmente utilizando todos os campos de aprendizagem possíveis. Neste caso é comum que o roteiro seja misto, entre tabelas e narração, já que tende a ser mais extenso e técnico que os demais.


Existem diversos tipos de roteiros para vídeos corporativos e promocionais. Alguns deles: Colunas, texto corrido, master scene.


Um roteiro publicitário deve conter informações importantes como: quantidade de cenas, tempo, descrição da imagem a ser incluída e o áudio. Pode ser incluído o storyboard e/ou letterings, caso haja também.


Os roteiros servirão de guia para que a produção prepare o material de acordo com o briefing então é importante definir todos os detalhes nesta etapa!


O Master Scenes é o mais utilizado na indústria cinematográfica. Para ele é necessário seguir um padrão com normas específicas como fonte Courier New tamanho 12, que se parece com a escrita de uma máquina de escrever. Isso porque cada página será equivalente a aproximadamente um minuto de cena de filme. Legal, né?


Na Prodígio, preferimos o velho formato em colunas. Nossos editores estão habituados com este modelo. Quando precisamos de alguns detalhes extras ou há muitos personagens, recorremos ao de texto corrido, mas é raro acontecer.


O texto corrido conta com a descrição de cada etapa em linhas corridas, de forma narrativa ou dissertativa. Nem sempre é uma boa opção visual.


Lembre-se de falar sobre o assunto principal nos primeiros 15 a 30 segundos do vídeo para segurar sua audiência até o final, no tom de voz adequado. Estabeleça um ritmo e dependendo do seu propósito com o material, feche com uma chamada para ação (call to action).


Precisa de ajuda com o planejamento de sua produção audiovisual? Entre em contato conosco!


Obrigado, Will Fernandes.

Contato: falecom@prodigio.digital


Acesse nossas redes sociais:


Facebook

Youtube

Instagram

Linkedin

Spotify

Sound Cloud

#conteúdosdigitais #conteúdosdigitaispararedessociais #conteúdosdigitaisemcuritiba #videomarketingemcuritiba #conteúdoemvídeo #divulgaçãoemcuritiba #estúdiodegravação #estúdiodeáudioemcuritiba #estúdiosemcuritiba #makingofdeprodução #produçãodeconteúdo #curitiba #podcastsemcuritiba #podcastparasaúde #vídeoeducativo #vídeoinformativo #comunicaçãonasredes #Curitiba #curitibalovers #prodígiodigital

10 visualizações0 comentário